domingo, 14 de outubro de 2007

Não,não estou esquecido

Bem este é o meu grito . Não é por falta de tempo,nem por falta de imaginação,para criar mais mensagens,mas sim todos os dias tenho um assunto e quando o vou passar para aqui aparece sempre um outro novo ainda melhor,e assim tem sido todos os dias,e esses assuntos toda a gente sabe,e eu sinto-me cada mais revoltado com este pais em que vivemos que cada vez mais estamos a ficar longe da Europa,onde se um dia a terra separar-se de novo como a muitos milhares de anos aconteceu,ai sim ficaremos uma ilha ai já lhe poderemos chamar a republica das Bananas. Estamos num pais onde já não se pode fazer uma manifestação. Muda-se a lei para livrar gente de poder das grades. Os enganos nas contas das reformas,a beneficiar os que ganham mais. As promessas que ainda estão para se resolver. Os futuros ministros ,sim é por onde se começa a ser congressista de um partido ,deixarem assuntos do partido para verem o futebol. Os aumentos,que não há,mas se houverem vão ter que pagar mais imposto. Até sua santidade não tem a sua agenda prevista nenhuma deslocação a este pais. Os assaltos aumento a um ritmo supersónico. Querem que as crianças só deixem a escola com o 10º Ano,mas fecham escolas. Querem que as crianças entrem mais cedo para a escola,mas não há vagas para crianças com 4,5 anos para a pré escola. Onde se interrompe uma pessoa num telejornal a falar do pais ,para ver a chegada de um treinador que foi despedido. Um treinador da selecção a qual é pago com o nossos impostos,fazer o que toda gente viu(mau perder)a ter todo apoio da federação(gostava de ver se fosse português). Aquele pai,sim isto é que ser pai,(-Filho não te preocupes mais,aquela divida que deves ao banco eu vou perdoar-te.);Tenho pena de não ter o meu credito habitação naquele banco,não pagava que eles irão me perdoar... Se aquele filho não tem garantias ,nem bens para se fazer um arresto quem as vai ter? Bem para não falo no caso da menina que desapareceu,porque ai o que falaram da tal pessoa que passava o dia no café,não sei não. Poderia ficar aqui até as tantas a escrever coisas que aconteceram só em duas semanas,mas amanha vamos acordar com mais;O que será agora. Acho que qualquer dia aquelas empresas de apostas na nett vão começar a ver quem acerta na noticia que vai sair. Eu estou farto de tanta trapalhice,vou deixar de ser tótó,sim toto não sou só eu somos todos que pagam os seus impostos para sustentarem estes bonecos todos. Este é o meu grito de revolta. O meu banco é espanhol. Vou começar a fazer as minhas compras em Espanha. Já faço ferias em Espanha. Já conheço amigos que foram viver para lá,porque não eu... Votar para mim chega,não contem mais comigo. E assim me despeço meus amigos ,e fico a espera de um dia não se falar de nenhum, escândalo para escrever aqui qualquer coisa de útil.

2 comentários:

Mário Relvas disse...

Caro Félix,

convido-te a ler no Aromas de Portugal a entrevista do nosso Coronel Comando Jaime Neves, ao Correio da Manhã!

Já agora, já conheces o
http://comandosminho.blogspot.com

Abraço amigo

MR disse...

H. Félix, tens que continuar o teu blog...Ânimo!

Abraço e força

Relvas